Kutna Ora, a 70 quilometros de Praga

Trip Start Dec 20, 2005
1
5
49
Trip End Feb 08, 2006


Loading Map
Map your own trip!
Map Options
Show trip route
Hide lines
shadow

Flag of Czech Republic  ,
Friday, December 23, 2005

Kutna Ora, a Bela Cidade do Ossario de Sedlec


O caminho entre Praga e Kutna Hora tem apenas 70 km de distancia. Mas percorre-lo de carro nesta epoca do inverno e' um prazer para olhos oriundos dos tropicos: sao campos infinitos recobertos de um interminavel tapete de neve branquissima, com casas de telhados semi-cobertos da mesma neve, e estradas cheias de carros mais novos e modernos que os brasileiros (aqui nao faltam Mercedes, Audi, e proliferam belos Skoda, de fabricacao local).
Contratamos um tour ate' Kutna Ora, e nossa primeira parada, ja' na cidade, foi o Ossario de Sedlec.
Descrever o ossario com palavras e' uma tarefa ardua: trata-se de uma igreja conjugada a um cemiterio. No lado de fora, ainda se utiliza o cemiterio para os falecidos de hoje em dia.
Mas o que impressiona e' o lado de dentro da igreja.
A nave encontra-se decorada com crucifixos, brasoes, lustres, guirlandas, casticais imensos e outros adornos, TODOS FEITOS DE OSSOS HUMANOS.
Os ossos pertencem a 40 mil pessoas cujos despojos foram enterrados no cemiterio de Sedlec desde o Seculo 14 (somente em 1318, cerca de 30.000 pessoas foram enterradas no local).
Em 1870, Frantisek Rint, um escultor da regiao foi encarregado de reorganizar os ossos do antigo cemiterio, e teve a criativa ideia de fazer as belas (sao belas e minuciosas, sem duvida) esculturas e composicoes de ossos humanos que hoje sao vistas.
Clique aqui e visite o site do Ossario de Kutna Ora
Nao senti nenhuma impressao desagradavel ao visitar o local pessoalmente. Visto no documentario que eu havia assistido, o local parece tetrico, mas nao e' essa a impressao que temos quando adentramos o local.
Estando la, sobressai a obra de arte, ao inves do terror da morte.
Contudo, nao deixamos de refletir sobre a finitude da vida, contra a qual, a unica solucao e' adotar um "carpe diem etico", segundo o qual ja venho regendo minha vida desde decadas.
A imagem que lembrarei hoje, ao dormir, nao sera' de esqueletos tenebrosos. Sera' de campos de neve infinitos, catedrais de arquitetura impressionante, e de relicarios de ossos humanos, daqueles que um dia aqui estiveram e se consideraram imortais e inatingiveis.

Visite o site GIRAMUNDOS, sobre essa viagem


(JCM)
Slideshow Report as Spam

Use this image in your site

Copy and paste this html: