Pisando em solo Europeu

Trip Start May 22, 2011
1
4
28
Trip End Jun 25, 2011


Loading Map
Map your own trip!
Map Options
Show trip route
Hide lines
shadow

Flag of Netherlands  , Noord-Holland,
Monday, May 23, 2011

Desembarcamos do 777-200 KLM por volta das 10 hrs local (Brasília 6 a.m.) no Schiphol Airport. Somente nós, porque nossas malas foram despachadas direto para a Suécia. E graças a essa pensada conexão podemos passar o dia em Amsterdam.
O aeroporto é gigante, a parte pública é um shopping, batemos algumas fotos na loja da KLM (turbina, trem de pouso, cabine) e no próprio aeroporto pegamos o trem até a Estação Central de Amsterdam.

Estivemos nessa estação em 2005, num inverno terrível, e as lembranças vieram a mente imediatamente, diferente daquela vez, o tempo estava ótimo: sol, temperatura agradável, excelente para uma caminha pela cidade.

A região central de Amsterdam não é grande, assim, saímos a pé, rodar pela cidade. A atmosfera é agradabilíssima, o primeiro contato com o solo europeu deixou o recado: será uma viagem memorável!

Andamos pelos diques, lojas e cafés. Aliás, existem cafés para todos os gostos. De starbucks a coffee shops com spicy muffins e afins... Optamos pelo latte tradicional, aproveitamos para fazer umas comprinhas em algumas lojas. Por falar em lojas, Amsterdam também oferece uma ampla variedade: de grifes famosos a "ervas e cogumelos naturais", lojas eróticas, algumas delas com as próprias mercadorias (mulheres) expostas na vitrine.

Chama muita atenção a quantidade de bicicletas nas ruas, mulheres de salto alto pedalando, homens de terno e iphone sobre as duas rodas, sem contar as mães carregando as compras e as crianças na garupa. É incrível como na cidade se usa muito mais bicicletas, ônibus, trams do que carros. Inclusive os trams (trens elétricos de superfície) dividem espaço nas ruas com os carros e nas calçadas com as pessoas e bicicletas.

Depois de muito bater perna circulando a bela paisagem formada pelos diques navegados pelos mais diferentes barcos (lanchas com pessoas dançando, barcos de sightseeing, casais tomando uma taça de chardonay, além dos houseboats) encontramos o mercado das flores (flower market) com as mais variadas cores de tulipas. Finalizamos o dia tomando um frozen iogurte com blueberry, raspberry e pistache, in natura!

Seguimos de trem para o aeroporto pegar o voo KLM – AMS-ANS (Stockholm). Ainda antes de entrar no avião a mulher da “infraero deles” nos confiscou um frasco de produto para proteção de couro que havíamos comprado, como as malas já tinham sido despachadas ficou por ali mesmo...

Embarcamos no distante terminal D-81, esteiras e mais esteiras até alcança-lo, deu para ter uma ideia da dimensão do aeroporto e da quantidade de aeronaves da Dutch Airlines (KLM) que praticamente domina o aeroproto. O voo saiu atrasado 30 minutos, o comandante pediu um milhão de desculpas e disse que tentaria reduzir o atraso e conseguiu. Chegamos somente 10 min depois do horário, por volta das 11 hrs p.m. (ainda com a luz do sol), e mais desculpas da tripulação pelo atraso.

Pegamos todas nossas malas despachadas lá de Guarulhos (todas inteiras!) entramos num ônibus que faz o transfer até a cidade (40km), chegando na a estação central de Estocolmo. De lá, um taxi até o Micro hotel.

O Micro Hotel é bem novo, quartos e banheiros super modernos e limpos, descobrimos o porque do nome quando entramos no quarto, um 2 por 3, micro mesmo! Com todas nossas malas + nós dentro dele ficava intransitável!
No outro dia lembramos o porquê da escolha, extremamente bem localizado, no coração da cidade!
Slideshow Report as Spam

Comments

Ka on

point 2.. done!!!!

Regis on

Ta começando

iara on

Que maravilha....
bjossss

Add Comment

Use this image in your site

Copy and paste this html: