Friendly Bugs

Trip Start Jun 16, 2010
1
208
600
Trip End Dec 31, 2012


Loading Map
Map your own trip!
Map Options
Show trip route
Hide lines
shadow

Flag of Australia  , New South Wales,
Sunday, January 9, 2011

Chegámos a Bondi! Também não foi preciso muito. 20 minutos.

O local é acolhedor, um pequeno centro com aquela praia na baía, Bondi. Voltamos ao regime "piloto automático de dia", “piloto automático de noite”. E hoje há churrasco no hostel, uma actividade algo frequente em alguns deles. E os 3$ devem de certeza valer a pena.

A praia é mais uma praia. No entanto, o surto de “blue bottles” (alforrecas de menor dimensão e azuladas) está a atingir várias pessoas que saem da água com picadas e marcas nas pernas e lombo. Não é apelativo ir à água depois de ver tanta gente a quem a equipa de nadadores salvadores fornece gelo (sim, aqui temos assistência a sério, e todas as acções são conduzidas com grande profissionalismo. A protecção da vida humana, por vezes assume contornos parentais, mas penso que digo isto porque simplesmente estou habituado a outros padrões...não tão adequados, talvez). Para além da acção, todas as mensagens são dadas aos veraneantes que estão na água, através de um megafone: “o senhor de azul que saia daí que está muita corrente”, “hey, não podes nadar aí, por favor para a direita”, “é favor vir mais para costa”. Tudo é enquadrado e explicado. As pessoas acedem de imediato. Também é frequente ver salvamentos. Na prancha ou a nado com uma bóia. Frequentemente a corrente é demasiadamente forte e causa problemas a quem nada e é arrastado. No entanto, todas estas áreas estão devidamente sinalizadas e torna-se muito seguro nadar na Austrália. Apesar disto, hoje ia lá ficando...estava difícil saír daquela corrente impossível. Mas foram só 10 minutos, sem necessidade de mediatismo.

O churrasco no hostel foi...fraquinho em termos de encher o bandulho mas muito bom em todas as restantes vertentes. Tinha acabado de chegar uma turma de desconhecidos, directamente de UK, que ainda estavam “jet-lagged” mas que fizeram um festa de debutante fortíssima. E estendeu-se por toda a noite que...que acaba às...0h...meia noite. Onde é que já se viu isto? Não sei...mas meia noite?

Por outro lado, este hostel é completamente “barata-compliant”. Estes bichos ganham dimensões de 6 centímetros e mais e passeiam-se sem vergonha um pouco por todo o lado, uma vez que anoitece. Vão verificar o caixote do lixo demasiadas vezes. Não percebem que já jantámos e não vai haver mais comida? O que é que se passa com esses bichos? Mas são animais muitíssimo amigáveis e afectuosos. Digo isto porque, a meio da noite, cerca das quatro da manhã, acordei com uma barata de proporções consideráveis, a passear-me pela barriga acima! Dá para dormir em paz? Não, não vai dar. Eu sei que precisa de afecto, mas será que calculou mal a dimensão do outro animal que estava ali por baixo? Amigo, sou um bocadinho maior que tu e com uma qualificação académica, seguida de mestrado no India, em esmagamento de insectos. O David não devia ter acordado o Golias, que inicialmente, se sentiu ainda um pouco impressionado. Passados 2 minutos, o bicho ficou a dormir no centro do quarto...até as senhoras da Vadeca aparecerem. Nem na India tive animais repugnantes a conduzir por mim acima.
Slideshow Report as Spam

Use this image in your site

Copy and paste this html: