The Sydney festival

Trip Start Jun 16, 2010
1
207
600
Trip End Dec 31, 2012


Loading Map
Map your own trip!
Map Options
Show trip route
Hide lines
shadow
Where I stayed
Harbour Backpackers

Flag of Australia  , New South Wales,
Saturday, January 8, 2011

http://www.sydneyfestival.org.au/2011/

Hoje começa o festival de Sydney e, durante as próximas semanas:








  • A cidade veste-se de pessoas, de todo o lado, deste aussies a portugueses, asiáticos e mais asiáticos, famílias e grupos de amigos ocupam os bancos de jardins, os espaços na relva, os cafés e restaurantes, as ruas. "Pic-nicam", conversam, assistem aos concertos, bebem , chillaxam (chill out + relax = “Chillax”);




  • Foram montados um conjunto de palcos nos principais pontos e parques do centro de Sydney. Concertos, funk, soul, rock&roll, R&B, pop, rock preenchem a agente. Juntamente com representações e números dramáticos, comédia e stand-up. Recitam-se poemas, relembram-se tempos passados, a história;




  • A polícia vigia de perto todos os acontecimentos e está adequadamente munida de garrafinhas de água de meio litro presas aos cintos, junto à região glútea, como se pode ver em anexo. O reforço é visível e a polícia não deixa respirar. Todas as infracções são processadas;




  • Podem-se beber bebidas alcoólicas na rua, mas apenas em espaços circunscritos junto dos palcos, espaços esses que, no seu interior vendem as tais bebidas alcoólicas aos preço de uma pequena exorbitância. Mais vale ir ao Coles, comprar um pack de 6 pelo preço de 2, lá fora, e ir para o hostel beber...para depois voltar aos palcos. E queres ver que foi isso mesmo que aconteceu?! Será?




  • As demonstrações culturais de rua atinge picos interessantes de qualidade, com bandas que improvisam instrumentos (baterias a partir de bidões e outros...) e com animadores de rua que elevam a palavra “palhaço” a “granda palhaço”. E, obviamente que não faltam os bolivianos/peruanos com os seus pan-pipes! É um clássico que me traz de volta à rua Augusta;




  • A partir das 22 horas...parece que nunca houve festival nenhum...acaba e, num ápice, todo o mundo desaparece. Um fenómeno que normalmente costuma ser enquadrado por grandes doses de nevoeiro. Aqui é conseguido apenas com alguma aragem mais forte. O dia seguinte continua com outras alternativas. Para colmatar este “gap”, combinamos mais uma noite de boémia com os amigos do novo hostel, o tal que ainda não me debitou nada no cartão...;
E hoje foi também o último dia em Sydney. Parece que se está a pedir mais praia. Portanto, o rumo é a Bondi beach, 10km a este do centro de Sydney. Amanhã retomamos a época balnear.
Slideshow Report as Spam

Use this image in your site

Copy and paste this html: