Namíbia, a última fronteira terrestre...

Trip Start Oct 12, 2010
1
32
54
Trip End Dec 31, 2012


Loading Map
Map your own trip!
Map Options
Show trip route
Hide lines
shadow
What I did
Cruzamento da fronteira

Flag of Namibia  , Caprivi,
Friday, November 5, 2010

Por Robson                                              English versionEnglish Version


Esse post é parte integrante do Projeto 20°12', que tem como objetivo registrar situações de todos os países com terras no paralelo 20°12'Sul. Para saber mais sobre o Projeto 20°12', visite a página inicial sobre este blog.

Após uma noite reparadora do outro lado da fronteira (em Botsuana) finalmente chegamos à Namíbia!
 
 
A Namíbia é um país do tamanho de Minas Gerais e São Paulo juntos, com uma população comparável à de Sergipe. Ou seja, é um mundo de terra com pouquíssima gente, 2,2hab/km² (dados de 2007) e o mais interessante é que essa falta de gente é "visível" até mesmo para quem viaja poucos dias pelo país. O PIB per capita é da ordem de 7mil US$, sendo que o país navega no mesmo mar que o Brasil, Botsuana e África do Sul quando se fala de distribuição da riqueza. Brasileiros não precisam de visto para entrar no país, então tivemos apenas que pagar as taxas para importação do carro. Foi tudo muito simples e rápido. Não sei se já estávamos experts em cruzar fronteiras da África Austral ou se eles realmente são mais organizados. Talvez uma combinação dos dois ;-)

Um pouquinho de história... 

Especula-se que a Namíbia era ocupada há muito pelos Bushmen, Damara e Nama, e no início do século 14, com a expansão do povo Bantu.

Os primeiros europeus a chegar aqui foram os navegadores portugueses Diogo Cão (1485) e Bartolomeu Dias (1486) quando estava a caminho do Cabo da Boa Esperança. Mas em se tratando de um país predominantemente desértico, os portugueses não deram tanta atenção à região (na verdade eles não se interessavam por terras e sim pelo domínio das rotas comerciais).
 
Em uma divisão do mundo ocorrida 400 anos depois, os alemães se apoderaram da região, onde entre outras coisas experimentaram a criação de campos de concentração para dizimar a população local. Foram senhores da Namíbia até a perderem na Primeira Guerra Mundial para a África do Sul que passou a tomar conta da então "África Sudoeste". 
 
Com a deterioração simultânea do poder político da África do Sul e da Guerra Fria no fim da década de 80, a Namíbia começou a ver a luz da independência quando em 1988 houve um acordo diplomático tripartite envolvendo África do Sul, Angola e Cuba! Ficou acordado o fim da ocupação pela África do Sul e a saída de tropas de Cuba que apoiavam rebeldes no sul de Angola. Com isso a Namíbia se tornou independente em uma transição pacífica em 1990.

Voltando aos dias de hoje e à nossa viagem, as estradas asfaltadas que pegamos estavam em ótimas condições, sem buracos, com sinalização clara e com pouquíssimo tráfego. Aliás, tráfego talvez não seja a palavra certa para descrever a situação em que veículos se encontram na estrada em um intervalo de 30 minutos, aproximadamente... E apesar de ser época de seca, o trecho por que passamos na região norte estava bastante verde. Até os pontos de descanso na estrada merecem destaque! 
 
  
 
Uma observação importante! Assim que entramos no país, pegamos uma estrada de terra, que não esperávamos, antes de pegar o asfalto. Mas depois entendemos do que se tratava. A fronteira com Botsuana é dentro de um Parque Nacional. Só uns quilômetros depois é que se pega a rodovia propriamente dita.

Rundu é um "ponto de inflexão" no nosso caminho. Apesar de seguirmos na mesma estrada, deixamos de ir para Oeste e passamos a ir para Sudoeste. 

Aproveitamos para abastecer, fazer umas comprinhas na loja de conveniência e arrumar uns dólares. É que a moeda local é o Dólar Namíbiano. Eles aceitam bem os Rands da África do Sul numa taxa de conversão de 1 para 1, mas a recíproca não é verdadeira. Estamos com N$100,00 até hoje, Algum interessado?  

Uma curiosidade, no caminho entre a fronteira Mohembo e Rundu, passamos pelo meridiano 20°12' Leste. Ele fica a 20°12' a leste de Greenwich. Não tiramos foto :-(

As fotos a seguir mostram uma "exótica" caixa d'água não circular e uma cerca com 12 fios. Que trabalheira deve ter dado para fazê-la!

 










 

  
+

Para saber mais sobre a Namíbia clique:
neste link (onde pode-se ler a tradução pelo Google do artigo sobre o país na Wikipëdia) 
  
------------------------------------------------------------------------------------ 
Projeto 20°12'............................................Projeto 20º12' : Projeto 2012
www.projeto2012.com.br
Slideshow Report as Spam

Use this image in your site

Copy and paste this html: