Chegada a Maurício

Trip Start Oct 12, 2010
1
3
54
Trip End Dec 31, 2012


Loading Map
Map your own trip!
Map Options
Show trip route
Hide lines
shadow
Where I stayed
La Maison D'ete Hotel Belle Mare
Read my review - 5/5 stars

Flag of Mauritius  , Grand Port,
Wednesday, October 13, 2010

por Robson
 
O primeiro dos 12 destinos oficiais do Projeto 20º12'. (lembrando que há 13 países com terras a 20º12', sendo que um é o Brasil, então... 12 destinos)  :-)

DICA de assento: No 737-800 da SAA para Maurício, a primeira fila da classe econômica (no caso a fila 11) tem um espaço bem generoso para as pernas. Um cara grandalhão que estava em algum lugar no fundo até acabou indo para o nosso lado. Para quem não sabe, existem sites especializados em assentos de avião como o SeatGuru. Vale à pena conferir.
 
DICA: No caminho para Maurício, 20min antes do pouso, o avião passa por uma ilha chamada Reunião. O relevo dela é bem interessante e para vê-la, escolha um assento na janela do lado direito na ida e esquerdo na volta (fora da asa).
 
A Chegada em Maurício foi suave. Do avião já podemos ver o que nos esperava... Quilômetros de praias com areia branca e águas azul turquesa. Logo ao desembarcar do avião, na rampa de acesso ao aeroporto uma placa anuncia: "Bem vindo ao paraíso" (Welcome to Paradise).

Cá entre nós, o paraíso fica depois da imigração. Pegamos uma fila que não andava nada. Depois mudamos para a fila indentificada como "Premium" e começamos a nos mexer. Ao que tudo indica, os formulários que são distribuídos no avião estão desatualizados, o atendente faz muitas anotações complementares. Por fim levamos mais de 1h para passar no primeiro guichê.
 
O guichê seguinte foi rapidinho. O atendente abriu um sorriso quando viu que éramos do Brasil, perguntou algo ao ver o visto para Moçambique, mas não entendemos e ficou por isso mesmo.

Agora sim: BEM-VINDO AO PARAÍSO!!!
 
DICA para Maurício: Mais que em qualquer outro lugar que já visitamos, respire fundo e tenha toda a paciêncida do mundo na imigração. Em qualquer país é 'recomendável' levar as reservas de hotel e bilhete aéreo de saída impressos. Em Maurício é INDISPENSÁVEL.

A surpresa ruim foi que a mala da Carol tinha sido violada. Os 'responsáveis', ao invés de quebrar 'só' o cadeado, fizeram o favor de estragar também os fechos dos zíperes onde o cadeado encaixava. Quando chegamos ao hotel ela viu que não tinham roubado nada e que a única necessaire que foi aberta foi as que tinham envelopes de estomazil. Talvez tenham confundido com algum outro pó nos aeroportos por onde passamos.
 
DICA para voos em geral: Se quiser trazer algo em pó, que traga na bagagem de mão, onde pode mostrar o que é quando passar nos Raios X, sua mala agradece.
 
Tinha combinado com o hotel para nos buscar no aeroporto. Ao chegar fomos recebidos por Kishaan. Um sujeito que nos recebeu com bom humor e paciência. Aproveitamos a receptividade para passar logo no caixa eletrônico e arrumar algum dinheiro local.

Trafegamos por 1h e meia pelas estradas de Maurício. O país é pequeno, mas não minúsculo (2.040km²). É um terço do tamanho do DF (a menor unidade da federação do Brasil) ou 5 vezes o tamanho da Ilha de Santa Catarina ou ainda 4 vezes o da Baía de Todos os Santos.

Fiquei impressionado com o nível cultural de Kishaan. Ele perguntou qual era a taxa de desemprego no Brasil (chutei 8%, mas descobri depois que na verdade está beirando 12%), falou que a União Européia sacaeneou Maurício baixando o preço do açúcar, que é a segunda fonte de renda do país, atrás do setor de confecção. Turismo é o terceiro. Neste ano (2010) são esperados quase 1milhão de turistas, mas a projeção é de 2milhões em 2015, quando o turismo passará a ser mais importante para a economia do que a cana. 20% da energia elétrica do país é gerada com bagaço de cana. Tudo informações do Kishaan, que também conhece mais que o carnaval e o futebol do Brasil.

Ele disse que o que mais gosta do Brasil é da miscigenação, que ele lamenta não ocorrer também em Maurício.
 
Enfim chegamos à pousada. Fomos recebidos pelo Jean-Claude, que entre outras coisas, fala português. Morou por 6 meses no Brasil há 28 anos atrás. Ele estava meio inseguro do português, misturando com espanhol, mas o nível da comunicação foi muito bom!
 
Ele mostrou o quarto para nós, com decoração especial de flores sobre a cama e um drink de boas vindas para receber os recém-casados. Nos explicou detalhes do quarto (aqueles que vc às vezes demora 10min para descobrir sozinho como funciona). Depois mostrou as áreas comuns do hotel, as facilidades, destacou os horários... e conhecemos sua esposa Marie-Michele. Casal muito simpático!

------------------------------------------------------------------------------------
Siga nossos passos:
1. Nos hospedamos no La Maison D'ete Hotel;
2. Serviço de táxi Kishaan - cel.: (230) 253-1722

------------------------------------------------------------------------------------
Projeto 20°12'............................................Projeto 20º12' : Projeto 2012
www.projeto2012.com.br

My Review Of The Place I Stayed



Loading Reviews
Slideshow Report as Spam

Comments

Mariangela e Wanderley on

Estamos viajando com vcs.
ADOREI!!!
Aproveitem MUITO. Bjus.

Helio e Isabel on

Já retornamos à Brasília. Lá ficou tudo bem!
Boa viagem! Mandem notícias!
Beijos

Antonio on

Estive em Mauritius no ano passado. O paraíso começou em Joburg quando pegamos a classe executiva da Air Mauritius (realmente ótima - serviço e limentação). Além do avião ser umAirbus A340-600. Quanto a chegada não tivemos nenhum problemas. O desembaraço foi rápido e eficiente tanta na imigração quanto na alfândega.

foradecasa
foradecasa on

Excelente notícia Antônio! Obrigado por atualizar essa informação que poderá ser útil para outros leitores.

Add Comment

Use this image in your site

Copy and paste this html: