Snowboard, neve e mais snowboard!

Trip Start Jan 15, 2011
1
25
50
Trip End Dec 24, 2011


Loading Map
Map your own trip!
Map Options
Show trip route
Hide lines
shadow
Where I stayed
Skihaus

Flag of New Zealand  , North Island,
Monday, August 29, 2011

Ola ola,

cumprimentos deste viajante que por agora pouco viaja! Pois é, como tenho andando a dizer a toda a gente, estou há uns meses "preso" neste sítio, mas hey, é um belo sítio para se estar preso!

No que toca a actividades, e como podem imaginar, não há grandes notícias. Só tenho feito uma coisa: snowboard! Mentira, experimentei fazer Ski umas quantas vezes e acabou por se revelar muito mais fácil do que pensava (em meia hora estava aborrecido na zona dos principiantes e fui para o tipo da montanha), mas também acabou por ser bastante divertido. Não tanto como Snowboard, claro está, mas é porreiro ir a descer como alguma velocidade e fazer aquelas "curvas" (ou, em espanhol, o "giro") apertadas. Detesto admitir (lembrem-se que há sempre esta rivalidade entre skiers e snowboarders), mas é de facto divertido. E mais não digo!

Uns dias depois da minha última entrada fiz algo espectacular, algo que nunca na vida imaginei fazer e que é de facto algo que não se faz todos os dias! Juntei-me ao meu colega Nico (um uruguaio/argentino porreiro que partilha o quarto comigo, juntamente com outra malta de Taiwan/Malásia), e fomos até ao ponto mais alto que os teleféricos levam, na montanha. De lá andámos cerca de uma hora, encosta acima, no meio da neve. para chegar ao topo da montanha. Não preciso de vos dizer o quão espectacular é a vita lá de cima, mesmo com as muitas nuvens que por lá andavam, que com o vento bastante frio fizeram da estadia lá em cima uma curta, mas não se pode ter tudo! De qualquer das maneiras, o melhor da experiência é a parte vulcânica da coisa: no topo da montanha, ali mesmo ao nosso alcançe, está a cratera do vulcão, onde entre erupções se forma um lago! Algo espantoso de se ver, aquele lago (bastante grande) formado na parte típica do topo de um, vulcão (ou seja, um cone virado para baixo), mais espantoso ainda porque, depois de treparmos a pé até ao topo, pusemos a prancha nos pés e fomos a fazer Snowboard cratera abaixo, até junto do lago! Por outras palavras, e como descrevi nesse dia no Facebook, o que fizemos foi trepar um vulcão activo e fazer Snowboard para o interior da sua cratera!! Espectacular mesmo, e foi interessante pensar, enquanto estava sentado junto ao lago, que é exactamente dali que, alo regularmente nos últimos anos, anda lava a saltar!! Pois é, desengane-se quem pense que o vulcão está extinto, longe disso! Teve a última grande erupção em 1995 e outras pequenas em 2006 e 2007. Em 2008 e 2011 (há alguns meses!) teve avisos de erupção, já que a temperatura da água no lago da cratera estava mais elevada do que habitual, mas nada se concretizou. Interessante pensar nisto, sentado na borda de onde a lava é expelida! Wow!!

Aproveitandoo facto de estarmos no topo da montanha, e ignorando o vento frio, eu e o Nico sentámo-nos junto ao pequeno abrigo no topo (e algo abrigado por este) e curtimos a vista e o sentimento, apreciando uma cerveja bastante fresca que eu fiz questão de levar até ao topo. Bons tempos!

E por aqui tenho andando, entretido com o meu trabalho, que é de facto super aborrecido, a tal lenha misturada com terra. E o meu chefe revelou-se um belo idiota, depois de 1 mês a trabalhar todos os dias (incluindo fins-de-semana) pedi-lhe um dia de folga, ao que ele respondeu que para o ter tenho que ganhar algum "crédito" antes, ou seja, trabalhar extra nos dias anterior para compensar o dia que não trabalho! Belo idiota, considerando que estou a fazer um óptimo trabalho, mas enfim... Ninguém aqui gosta dele (porra, o homem acabou de me aparecer à frente enquanto escrevia - e ele nunca aparece aqui no hostel!), mas pronto, há que dizer que sim e fazer o trabalho. Ultimamente ele tem estado bastante bem, há uns dias tivemos até a primeira conversa de sempre, que acabou com ele a dizer "vai para a montanha, está um dia bom demais para estares aqui". Parece que recebeu 3 novas jovens da Malásia, o que o deixou de bom humor...

Quanto aos fotos, são mais do mesmo, mas não consigo fartar-me desta vista! O MT Ngaurohoe, como já referi, é lindíssimo, mas agora, e nos dias de céu azul, tenho tido o prazer de ver o Mount Taranaki, que fica a umas 4 horas de distância e que tem também uma forma espectacular, ainda mais "cone" do que o Mt Doom. E, visto à distância, é de facto algo espectacular! Em certos dias fica ainda mais maravilhoso, como no outro dia em que estava com nuvens de cor azul na sua base, o que dava a impressão de estar a pairar no ar! Mesmo espectacular, sem palavras! Infelizmente a minha câmara não consegue captar estas paisagagens com a qualidade que merecem, e as fotos que tenho deixam muito a desejar... Mas espero que acreditem que a vista é muito melhor ao vivo e que tenham um dia a oportunidade de aqui vierem e verem com os vossos próprios olhos!

Nos meus dias de folga (ou seja, quando não vou para a montanha) tenho também feito algumas pequenas caminhadas que há por aqui. É uma bela forma de passar o tempo, especialmente quando está um belo dia de sol e estão milhões de pessoas no topo da montanha (nos fins-de-semana, que eu evito sempre). A primeira que fiz foi então a "Taranaki Falls Track", que em 2 horas nos leva de volta ao ponto de partida. A paisagem é interessante, muito "alpina" com a vegetação típica deste sítio e sempre óptimas vistas do Mt Ngaurohoe. Não me canso, por mais que tenta, de fotografar este belo vulcão. Cada vez que olho, parece que o novo ângulo é diferente e merecedor de uma nova fota. Por isso tenho aqui tantas fotos repetidas, mas é de facto uma paisagem maravilhosa! O ponto alto da caminhada, no entanto, é a cascata Taranaki, que é de facto bonita, mas nada de especial. Felizmente que, neste tipo de actividades, estou mais interessado na caminhada e no ar puro do que no destino e/ou beleza ou não da cascata. Sendo assim, apreciei imenso isto!

A segunda caminhada, denominada de "Silica Rapids", leva o intrépido explorador através de mata, sempre junto a uns rápidos assentes numa terra com cores interessantes, derivados dos materiais vulcânicos do solo nas zonas altas da montanha, de onde o rio flui. Mais uma vez, nem me preocupei com os tais rápidos, apenas em aproveitar o maravilhoso dia para caminhar e respirar o ar puro, ver as montanhas, etc. Esta caminhada acabou por ser muito mais interessante do que a outra, pelo simples facto de que quando fui estava ainda cheia de neve! A cor branca da neve, como toda a gente consegue imaginar, adiciona um beleza extra à paisagem, quer esteja no chão, no topo das árvores, etc. Fui então brincado, fazendo bolas de neve que tentava (sem grande sucesso) acertar em árvores ou rochas. No final, e uma vez que a caminhada acaba na estrada que leva à montanha, cerca de 1km da vila onde começa, decidi subir em vez de descer! Fui então, junto à estrada e para espanto dos automobolistas (cujos carros têm que se esforçar para subir), trepando até à área de Ski, apreciando a paisagem e tentanto evitar o fumo dos automóveis. Soube bem fazer isto, e agora posso dizer que trepei a montanha! São só 6kms até ao topo, já agora. Nada demais :)

No meio desta caminhada, cheguei a uma conclusão: acho que gosto mais da Nova Zelândia do que da Austrália!! Não consigo explicar, mas este país é maravilhoso, tem paisagens simplesmente de cortar a respiração, não há nada que se lhe comparece. Foi uma surpresa enorme! A Austrália, já sabia que ia ser um espectáculo, e foi. Mas deste país não sabia nada, e acabou por exceder todas as expectativas! Tanto que tinha planeado inicialmente ficar 3 meses e agora, no final do meu visto inicial, pedi mais 3 meses! Gosto demasiado para me ir embora tão cedo! Há simplesmente demasiadas coisas para ver!

Falando em neve, como talvez tenham ouvido, a Nova Zelândia levou com o maior nevão dos últimos 50 anos há umas semanas. Deixou, como sempre. uma bela paisagem, com bastante neve aqui em baixo em National Park (onde vivo), e, em 3 dias, largou mais de 1 metro de neve fresca nas skiareas, o que é mesmo óptimo! O país delirou com tanta neve, nevou até em Auckland e no que é conhecido como o "Norte sem Inverno". Nevou até às áreas costeiros (muito raro!) e mostraram na TV imagens de alguém a skiar numa praia!! Houve quem não gostasse, já que a maioria das estradas aqui na zona estavam fechadas, mas para nós, junkies da montanha, foi óptimo! 2 metros de neve na nossa área de ski, e 3 metros na que está do outro lado da montanha, nada mau!!

Voltando ao snowboard, tenho andando entretido a tentar coisas mais avançadas... Descobri que no outro lado da montanha, na outra área de Ski (que fica a uns 50kms daqui) têm o que se chama um "Terrain Park", com saltos e funboxes e coisas do género, e tenho-me divertido imenso a voar um pouco por lá! Consegui não me aleijar muito, por enquanto, e tento algumas coisas porreiras como agarrar a prancha a meio do vôo etc. Estou a virar Pro, por outras palavras haha! Ontem, no entanto, aprendi uma lição importante: não desistir de saltar para cima de uma funbox no último segundo! Pois é, se tivesse saltado, não me teria aleijado, mas decidi não o fazer, eacabei por acertar com o joelho no lado da box... Resultado: joelho inchado, e um ponto no joelho! Eu sei, que ridículo, apenas um ponto, os médicos estavam até a discutir se valeria a pena ou não, mas cá está, nova experiência que a minha viagem me proporcionou: nunca tinha levado pontos! haha. Bem sei, foi só um, mas vai dar uma boa cicatriz de guerra!! Não se preocupem os familiares, não é assim tão mau e consigo andar e e tudo mais, simplesmente dobrar o joelho doi um pouco (foi ontem, afinal de contas). Uns dias de repouso e estou de volta ao Snowboard ;-)

E ponto, é tudo por agora. Ainda não decidi quando vou abandonar este belo sítio, mas calculo que vá demorar algum tempo, já que posso fazer algo espectacular como Snowboard quase de graça! Bom demais para se abandonar! :)

Abraços,
Daniel
Slideshow Report as Spam

Comments

Carla (mamã) on

Oi filhotinho,
Que fotos tão bonitas! Mas eu sou angolana, prefiro as praias quentinhas, ao frio da neve, por mais bonito que seja! Que saudades da minha Caotinha, até mesmo da Praia Morena!
Aprende a fazer ski, para quando voltares, ensinares esta tua mãe velhinha, que está cheiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinha de saudades tuas!
Nem imaginas como te vou apertar, quando te apanhar! Vais ficar esborrachado...
Beijinhos, muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuitos, da mamã

Add Comment

Use this image in your site

Copy and paste this html: