Skate, Snowboard (sem neve) e Paintball

Trip Start Jan 15, 2011
1
23
50
Trip End Dec 24, 2011


Loading Map
Map your own trip!
Map Options
Show trip route
Hide lines
shadow
Where I stayed

Flag of New Zealand  , North Island,
Thursday, July 14, 2011

Ola pessoal,

tenho andando silencioso porque nao tenho tido grandes aventuras. Tenho andando aqui pela minha nova casa, o hostel chamado Crossing Backpackers, a ajudar no que posso por aqui.

Mal cheguei aqui, o meu novo Chefe (o Bryan) perguntou-me "olha, amanha eu e o James - o meu filho - vamos a New Plymouth buscar uma ramp de Skate, queres vir?". Claro que aceitei, e no dia seguinte acordámos todos às 5.30 da manha (ouch) para nos pormos a caminho. Depois de uma viagem de umas 3 horas, com uma paragem para tortas (os kiwis e cangurus gostam muito de tortas), chegámos finalmente a New Plymouth. Começámos por ir buscar um atrelado enorme e fomos até uma moradia de um amigo do James, para a tal rampa. Antes fomos reunir reforços, na forma de 2 amigos do Bryan.

Chegada a altura de transportar a rampa (que é bastante pesada e não tem a forma mais fácil para agarrar), obviamente que começou a chover torrencialmente. É daqueles azar da vida, que parecem acontecer sempre que menos se quer. Anyway, com a ajuda de outros amigos do James erámos no total uns 10 e fomos então levantando a rampa. Havia de dar umas fotos giras, mas infelizmente estava ocupado demais a transportar a coisa para andar a tirar fotos. Mas pronto, depois de 1 hora e tal de grandes esforço echuva, conseguimos meter as 3 partes da rampa no atrelado. Para tal, só tivemos que passar por cima de um pequeno corrimão e cuidadosamente descer o amontoado de madeira até ao atrelado do outro lado do mesmo. Simples!

Passei o resto do dia com o Bryan, o chefe, atarefados com pequenas coisas a fazer, como ir buscar uns sinais enormes que ele tinha comprado, outro material etc. Trás para a frente o dia todo, mas no final fui largamente recompensado: acabámos a jantar no melhor sushi que já provei, com os amigos do chefe e respectivas namoradas, e com uma boa dose de Sake à mistura. Vinho quente é algo que soa estranho, mas o tal Sake é bastante bom!

Depois de mais algumas horas de viagemno dia a seguir voltámos a casa. E chegou finalmente o fim-de-semana! Como tinha referido anteriormente, fui então ao Mardi Gras da montanha. Acabei por ter bastante sorte: 2 das pessoas que moram aqui no hostel têm um simulador bastante porreiro, o Graeme pegou num carro desportivo, ligou-o a uma consola de jogos (XBox) e agora para conduzir no jogo, usa-se o carro em si, ou seja, o volante e pedais! Entretanto, o próprio carro movimenta-se para os lados conforme o que vai ocorrendo no jogo... Nada mau, eh?! Parece que é algo bastante inovador e reconhecido por estes lados como algo bom, e este Senhor já vendeu uns quantos simuladores para a Austrália, por exemplo. Como a sócia dele costuma dizer, ele passou 20 anos a tomar conta de vaquinhas numa quinta e saiu-se com isto! Entretanto tem também um novo projecto onde vai usar a mesma ideia (um carro verdadeiro cujo volante e pedais controlam um jogo) para um novo simulador que irá mostrar aos jovens prestes a tirar a carta como é conduzir bêbado e as consequências disto, mostrando para cada acidente causado pelo condutor as casualidades, quantos mortos causou etc. Infelizmente esta gente tem um grande problema com o alcóol, gostam demais do mesmo, e têm muita gente a conduzir depois de "só um copo ou dois".

Lá fomos então para a festa, sendo que antes passámos a tarde toda a jogar no carro, onde eu terminei em segundo lugar na pequena competição entre eu, o Bryan e o James. Nada mau!

Enfiados dentro do carro (para ninguém nos ver), eu e o James chegámos então à festa. Estilo VIP, visto que fomos cedo e ainda não tinha começado, chegámos a tempo de ver os Avalanche City nos ensaios pré-concerto. Estes tipos pelos vistos são bastante conhecidos por cá e são a banda preferida do James, pelo que ele curtiu imenso termos ido cedo hehe.

Passei então a noite toda a dar umas voltinhas e a ver a malta a curtir o som e o (muito) alcóol. Não conhecia as bandas mas fui na mesma ouvir e curtir um pouco o som, enquanto intervalava com uma ajuda junto do simulador, onde a muita malta bêbada gerou alguns problemas. Nada de especial, mas dava jeito terem um par extra de olhos, pelo que emprestei os meus. Acabou por ser uma noite porreira, se bem que teria sido bastante melhor se tivesse amigos com quem conviver. No meio disto tudo o que foi mais engraçado foi uma actividade engraçada a que assisti: já que por estes dias choveu bastante, formaram-se algumas poças de lama no recinto que a malta aproveitou para... Lutar na lama! Formou-se então um largo círculo de mirones enquanto alguma malta se divertia a rebolar e lutar na lama, que os cobria dos pés à cabeça. Os seguranças, espertos, mantiveram-se à distância e deixaram a diversão continuar, mesmo quando esta se tornou meio agressiva: havia malta a fazer placagens a alta velocidade, a tentar mandar outra gente ao chão. Lembro-me de uma rapariga que deve ter corrido uns 15 metros antes de saltar, agarrar no pescoço de outra rapariga e mandá-la ao chão. Ouch! Tudo muito divertido até, claro, a polícia terminar a festa. Desmancha-prazeres!! Última nota no que toca a festa: tenho 24 anos e fui recusado alcóol! Pois é, esta malta super rigorosa não me serviu uma cerveja porque não tinha passaporte para comprovar que tenho mais de 18 anos... Tinha o nosso belo cartão do cidadão, mas pelos vistos não chega, já que a lei diz "carta de condução neo-zelandesa ou passaporte para os estrangeiros". Esquecem-se é que qualquer turista com 2 palmos de testa não anda a passear com o seu passaporte, porque é um problema enorme caso o perca... Enfim...

E por cá tenho estado então, depois dessa festa. Embora inicialmente a ideia tenha sido eu trabalhar com os computadores, ajudando na página etc, pouco fiz disso. Tenho sim andado a ajudar no que é preciso, incluindo cortar lenha, manter lareiras a funcionar, ajudar o Bryan a colocar o seu novo placar com o nome do Hostel e publicidade ao paintball... Por falar nisso, tenho-o ajudado também a gerir a arena de paintball que ele tem aqui no hostel, o que tem sido bastante interessante. Aprendi, por exemplo, como limpar uma arma de paintball, o que também não me ajude no futuro, mas não deixa de ser algo interessante de aprender. Para quem viu o filme "The postman", é possível imaginar um futuro onde precisamos de armas de Paintball para nos proteger dos maus da fita... quem será o Rei, num mundo dominado por armas disparadores de tinta?? O tipo que as sabe limpar!!

Não tenho assim grandes histórias para contar, ao contrário do Jeff, um dos habitantes aqui do hostel. Trata-se de um senhor de uns 69 anos, mas ainda duro como pedras. Esteve no exército a vida toda e parece ter milhões de histórias interessantes para contar, viu o mundo todo com a sua unidade e parece ter aprendido a fazer 1001 coisas. Um tipo interessante, com uma personalidade muito própria, tenho que ouvir mais histórias dele, parece que esteve por Israel quando invadiram o Egipto (ou algo do género), por exemplo! Espantoso, não??

Além do Jeff, temos o meu chefe, o Bryan, um tipo muito porreiro, 40 e poucos anos mas ainda com uma mente jovem. Provavelmente o melhor chefe que já tive, também com algumas histórias para contar. O filho dele, o James, é um jovem artista, que parece que descobriu há uns meses que tem bastante jeito para a pintura/desenho e que faz uns desenhos espantosos. Prometeu-me que me vai oferecer um homem a andar para trás (porque está sempre a gozar com Portugal, a dizer que somos "backwards") no meio de lixo (porq sermos Junk, de acordo com a Moodys). Não obstante o tema (que não é o mais favorável para nós), aposto que irá desenhar algo espantoso, porque tem mesmo jeito. Veremos!

Por fim, e no que toca ao snowboard, ainda não tive oportunidade de fazer nenhum... Quando cheguei havia pouca ou nenhuma neve nas montanhas, neste que foi o pior início de Inverno desde há 50 anos... Mas há cerca de 2 semanas tivemos o início de uma grande tempestade que só agora está a dissipar, e que largou enormes quantidades de neve nas montanhas, finalmente! Passámos de uns 20cms antes da tempestade para 140cms, o que é óptimo! Como disse, o tempo está finalmente a melhorar e este deverá ser o primeiro fim-de-semana "esquiável"!! Bora la!!

Entretanto decidi que vou ficar pela Nova Zelândia mais tempo do que o planeado inicialmente. Ou seja, em vez de ir para Bali em Agosto, devo abandonar este belo país só lá para Setembro (para onde, ainda não sei hehe). É bonito demais e há demasiadas coisas para ver para sair daqui tão cedo!!

E é tudo por agora. Espero que estejam a curtir o verão, hei-de pensar em vocês quando estiver rodeado de neve no topo da montanha!!

Daniel

My Review Of The Place I Stayed



Loading Reviews
Slideshow Report as Spam

Comments

Carla (mamã) on

Oi, filhotinho,
Estou cheia de pena de não estar também aí a divertir-me!
Nunca joguei paintball, podia ir aí à NZ para me baptizar nesse jogo, contigo, não?
Beijinhos da mãmã

Add Comment

Use this image in your site

Copy and paste this html: