Algas marinhas, domingo "relax" e ideias recebidas

Trip Start Oct 01, 2007
1
70
159
Trip End Ongoing


Loading Map
Map your own trip!
Map Options
Show trip route
Hide lines
shadow

Flag of Mozambique  ,
Sunday, October 12, 2008

Saimos no domingo muito cedo para conhecer um trabalho de um frances que mora por aqui. Algas marinhas eh o ramo dele. Confesso minha total ignorancia no assunto. Nao sabia da existencia de "fazendas" de algas marinhas, mas elas existem. Surpresa maior do que ver alguns exemplos dessas fazendas ainda em seus processos iniciais foi saber que estas algas sao utilizadas para coisas sempre presentes no nosso dia-a-dia, como pasta de dentes. Sao dessas "plantas aquaticas" que se produz o gel utilizado nao somente no exemplo que eu ja dei, mas em muitos outros. Estranho de se imaginar.

Mas o dia foi interessante. Isso sem nem mencionar o passeio de barco e as horas em uma praia de aguas azuis tranparentes. O sol, como tem sido ate agora em todos os dias, estava forte.

Ate tentamos ajudar no processo de coleta e de "multiplicacao" das algas. Eles usam "jaulas", que sao quadros simples feitos de bambu e corda para amarrar as algas (que nao sao naturais dessa regiao). Assim eles deixam essas jaulas em um ponto e arrecadam de tempos em tempos.

Como ja mencionei, o processo ainda esta em sua fase inicial. Eles ainda estao descobrindo quais sao os melhores locais para as algas. Depois de saber os melhores locais eles vao passar um tempo multiplicando e multiplicando as algas que tem, ate que a quantidade delas seja suficiente para comecar uma producao.

Uma coisa me pareceu dificil de entender. Primeiro eu achava que se tratava de uma organizacao, mas eu estava enganado. De fato eles sao funcionarios de uma empresa privada, ate ai nem um problema. O estranho para mim foi saber de que houve uma organizacao internacional que visa o desenvolvimento da regiao envolvida. Essa organizacao realizou todo o processo inicial, pediu permissoes, avaliou o mercado, fez contatos e comprou veiculos. Em resumo fizeram grande parte do trabalho inicial... mas depois sairam do projeto e tudo foi "assumido" por essa empresa privada. Como assim? primeiro uma organizacao sem fins lucrativos emprega dinheiro para comecar um processo de ajudar a uma regiao, depois os resultados sao "capturados" para um empresa com fins lucrativos? Dificil de compreender. Acho que perdi alguma parte da informacao. Claro que vai haver a vantagem da criacao de empregos para pessoas da comunidade local, mas talvez pudesse haver algo maior do que isso. De qualquer modo, nao me parece "normal" a utilizacao de um dinheiro para "colaboracao internacional" servir como experimentos para o inicio de uma empresa privada internacional.

De qualquer modo, e como ja disse, o dia foi interessante. Ver como um processo tao simples (quando se sabe) pode ser realizado para criacao de algas foi bem diferente.

Para terminar o dia fomos a um bar comer especialidades locais, frutos do mar. Mas uma vez estavamos em um lugar para "ricos locais". A conta foi alta, mas, uma vez ou outro posso fazer parte desses "eventos de ricos".

Quanto a situacao "profissional" nao tenho muito o que acrescentar. O fim de semana serviu para aliviar a cabeca, mas continuo em uma situacao estranha em relacao a escola. As coisas ainda nao andaram muito. Tenho recebido muitas ideas de outras pessoas e agradeco a preocupacao e a ajuda. Mas tenho que dizer que as ideias, por mais que sejam boas, tem um certo problema... elas nao sao minhas. Estou com problemas para ter iniciativa, entao, por mais que existam ideias, o dificil, para mim, eh executa-las.

No momento estou em um conflito entre conseguir mudar de atitude a passar a mostrar mais iniciativa, que eh a opcao que eu gostaria de seguir, mas tenho tido dificuldades, ou ter paciencia e esperar para que, aos poucos, as coisas mudem e as solucoes aparecam.

No momento estou tendo calma, mas nao sei ate quando. Talvez, no momento em que eu perca a calma, eu tenha mais atitude. Vamos ver.
Slideshow Report as Spam

Comments

rosamaria
rosamaria on

algas e oportunidades
olá,

Andava por aqui á procurar coisas sobre algas e apareceste tu, com o teu passeio a uma quinta de cabelos do mar.Gostava de falar mais um bocadinho sobre essa questão dos apoios a privados. Mas entretanto fiquei com coisas para fazer pelo meio. Bem se quiseres conversar o meu mail é:
rquiroga@sapo.pt

Add Comment

Use this image in your site

Copy and paste this html: